O mercado de trabalho para Técnico em Administração

O mercado de trabalho para Técnico em Administração

O mercado de trabalho para Técnico em Administração

É fato, toda empresa – seja ela pequena, grande ou média – precisa de suporte administrativo para organizar a gestão do dia a dia corporativo. Neste sentido, o papel do gestor e de seus auxiliares é fundamental para o bom andamento, sobretudo o crescimento, de uma organização. Com este objetivo, os profissionais Técnicos em Administração tornam-se peças-chave em processos gerenciais no mercado de trabalho, de modo geral.

No Brasil, a regiões Sul e Sudeste (RS, SC, PR, MG, SP e RJ) concentram a grande maioria de empresas abertas e ativas no Brasil, por isso, naturalmente o mercado de trabalho para o Técnico em Administração é mais próspero nestas regiões. Dentre os mais variados profissionais técnicos, o Técnico em Administração é um dos mais requisitados, principalmente em médias e grandes empresas, onde a figura do empreendedor não desempenha mais a função administrativa de seu negócio. Justamente, devido a esta dança das cadeiras, são abertas novas vagas de emprego para profissionais focados em métodos administrativos gerais.

O mercado de trabalho para Técnico em Administração

O aumento de novas empresas no país também é um indicativo próspero para o setor, uma vez que se novos negócios nascem, faz-se necessário formar equipes administrativas para acelerar o crescimento da empresa. Mesmo o emprego CLT ser a preferência da maioria, um Técnico em Administração que tenha espírito empreendedor pode exercer sua profissão autonomamente como MEI, oferecendo suas habilidades de gestão de uma forma diferenciada. Ainda mais num mercado empresarial que se remodela o tempo todo.

Falando em empreendedorismo, o ano de 2018 apresentou uma das maiores altas de novas empresas no Brasil em que 81,8% são de MEIs. A crise dos últimos anos estimulou inclusive os Técnicos em Administração a se reinventarem no mercado de trabalho, criando até mesmo novas profissões aquecidas. Por exemplo, o síndico administrativo. De olho nesse mercado, hoje, grande parte dos condomínios são gerenciados por síndicos administrativo que, muitas vezes são Técnicos em Administração com experiência na área.

Outro exemplo é a demanda sempre ativa de serviços domésticos, como instalação e manutenção de eletrodomésticos, reparos e obras em geral: alguns Técnicos em Administração com visão sobre esta necessidade oferecem suporte para outros profissionais liberais que não possuem tempo – e às vezes nem conhecimento – para a organização rotineira de seus negócios.

Sobre a profissão de Técnico em Administração, o que antes se concentrava em cargos como auxiliares ou assistente administrativos e recepcionistas, hoje ela já evoluiu para outros patamares.

A habilidade técnica e a experiência na prática são capazes de elevar um profissional no mercado de trabalho a patamares mais elevados. Pois se um colaborador desempenha atividades importantes dentro de uma empresa – ou dentro de seu próprio negócio – como contas a pagas, contas a receber, cobranças, relatórios e apoio ao RH, é essencial que ele esteja bem preparado para isso. Nunca esquecendo, um Técnico em Administração qualificado não se forma sozinho. Por trás da prática, é vital bons direcionamentos teóricos que só Escolas Técnicas de qualidade oferecem. Estudar, fazer estágio e nunca parar de se especializar são atividades que fazem parte da evolução deste profissional no mercado de trabalho. Para ser mais, é preciso evoluir sempre.

WhatsApp WHATSAPP