fbpx

Em plena Era Digital: onde estão os profissionais e formandos de TI?

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Quem não lembra de um passado bem recente, quando computadores ocupavam um espaço gigante em nossas casas? A Internet era lenta, a capacidade de armazenamento era mínima se comparada aos meios atuais e tudo demorava muito e custava muito dinheiro.

Com a evolução dos equipamentos, hoje nós temos o poder de processamento de um super computador nas nossas mãos. O acesso é cada vez mais rápido e as oportunidades crescem na mesma velocidade.

Hoje, em um clique, ativamos milhares de funções e códigos por trás da telinha que seguramos com apenas uma das mãos. Estamos imersos nessa realidade, adquirindo vícios exclusivos da tecnologia (o documentário “O dilema das redes” que o diga!), e cada vez precisamos de menos base teórica para aprender a mexer em um aparelho eletrônico novo.

Esse crescimento exponencial da internet e da tecnologia trouxe ferramentas extremamente intuitivas e de fácil utilização. As crianças agora nascem com um perfil aberto no Instagram e até os 5 anos de idade muitas já têm uma amizade consolidada com a Siri, assistente virtual da Apple. Isso porque celulares têm os sistemas mais intuitivos possíveis, e o cérebro das crianças quase adivinha onde precisa arrastar, pinçar ou pressionar para chegar ao conteúdo desejado.

Toda essa revolução criou um mercado quase inexplorado: o de especialistas em Tecnologia. Você sabia que, nos próximos 4 anos, o Brasil precisará de 420 mil profissionais de TI? E, mais do que isso: APENAS 46 mil profissionais são formados anualmente. Ou seja: em 2024 as empresas de tecnologia terão 200 MIL vagas sem candidatos para preenchê-las.

Há poucos dias, o Jornal do Almoço da RBS TV / Globo no Rio Grande do Sul mostrou o case da uMov.me, uma empresa de tecnologia em Porto Alegre que tem vagas de trabalho e não as consegue preencher, mesmo com um ambiente agradável para se trabalhar e muitos benefícios. Sim, isso está acontecendo em plena pandemia!

O resultado de tudo isso? As empresas de TI estão facilitando cada vez mais o processo seletivo. Afinal de contas, é melhor pegar alguém que não esteja 100% pronto do que ficar meses com a vaga em aberto.

 

Ok, mas como faço para entrar nesse mundo da Informática?

 

Sabe, nós conversamos na semana passada com o Daniel Wildt, sócio da uMov.me. E ele nos contou um caso interessante. Em um dos processos seletivos, a empresa contratou um profissional que estava iniciando naquele mesmo dia um curso na área de TI. O diferencial? Como ele era atleta, sabiam que ele era bom em trabalhos em grupo. E mostrou, no processo seletivo, que tinha um bom conhecimento lógico. E isso está longe de se tornar uma exceção.

Em uma matéria no site 6 minutos, do Uol, fica evidente que, cada vez mais, os processos seletivos são simplificados na área de TI. E, devido ao Home Office, não existem definitivamente barreiras para esse trabalho. Você pode tanto atender uma companhia que tem sede do outro lado da rua quanto uma grande corporação nos Estados Unidos ou na Europa.

A tecnologia não para de evoluir. As vagas, não param de surgir. E você, vai ficar parado? Conheça os Cursos Técnicos e Graduações na área de TI da Alcides Maya. Você inicia do conforto da sua casa um curso que qualifica você com os conhecimentos que o mercado de TI exige. Mesmo que você se sinta leigo hoje em TI, este é o caminho para você ter o conhecimento para voar longe.